Conecte-se conosco

Destaques

Secretário culpa Ministério da Saúde e pede inclusão da Polícia Civil e Politec em plano de vacinação

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Em um documento enviado ao secretário estadual de saúde Fernando Máximo, nesta segunda-feira (5), o secretário da Segurança, Defesa e Cidadania, José Hélio Cysneiros Pachá, pediu para que o grupo da Polícia Civil e Politec fossem vacinados com a próxima remessa de vacinação contra o Coronavírus, já que eles foram excluídos na ação de imunização ocorrida no sábado (3).

 secretário argumentou que a nota técnica do Ministério da Saúde, que fala sobre a regulamentação da aplicação de vacinas para as Forças de Segurança Pública, provavelmente, foi elaborada por pessoas que não conhecem a realidade de atuação das instituições. Rondônia segue as orientações do Governo de Jair Bolsonaro e não se atentou ao grave problema, uma vez que policiais civis realizam atendimento público e efetuam prisões.

Pachá ressaltou ainda, que na forma que foi estipulada, deixou, inicialmente, de contemplar a Polícia Civil e Politec, que estão semelhantemente expostas, uma vez que em nenhum momento deixaram de atuar na linha de frente.

Na manhã do último sábado (3), o Governo deu prioridade para vacinar apenas policiais militares, militares do Corpo de Bombeiros, policiais rodoviários federais e exército. Policiais civis e penais, que também atuam na linha de frente, foram excluídos e não foram imunizados.

RONDONIAGORA denunciou a exclusão dos policiais civis e penais na ação de imunização da Agevisa, ocorrida no final de semana. Com a situação, a Polícia Civil decidiu realizar apenas atendimentos considerados urgentes.

A ação de vacinação que deixou a Polícia Civil e Penal de fora, causou revolta nos servidores. Por conta disso, a diretoria do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Rondônia (Sinpol), reuniu-se com o Secretário de Saúde, Fernando Máximo, com o Secretário de Segurança Adjunto, Hélio Gomes Ferreira e com a diretoria da Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (AGEVISA) para falar sobre a vacinação dos profissionais da segurança pública que não foram imunizados.

De acordo com o sindicato, a categoria foi pega de surpresa com a informação da vacinação das forças de segurança, com a preterição dos policiais civis. O sindicato destacou a importância da imunização dos profissionais que prestam serviços de forma ímpar em meio à pandemia.

Fonte: Ronodnianagora

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Destaques

Crueldade: Dupla que torturou mecânico e filmou é condenada a 7 anos

Publicado

em

Por

A Justiça de Tangará da Serra (240 km de Cuiabá) condenou os jovens Gustavo Henrique Nilson Albues e Jhony Marlon Camargo de Souza a mais de sete anos de reclusão pelos crimes de tortura e roubo contra o mecânico João Paulo de Andrade da Costa. 

O crime aconteceu em 3 de dezembro do ano passado, mas o caso foi divulgado dias depois, quando as imagens da sessão de tortura viralizaram nas redes sociais. 

A decisão é da juíza Anna Paula Gomes de Freitas, da Segunda Vara Criminal do Município.

Mesmo após ter logrado êxito na obtenção da confissão, não cessaram as agressões, mesmo diante do fato de a vítima ter oferecido bens para serem levados como pagamento da dívida.

A pena será cumprida em regime semiaberto e ambos poderão recorrer em liberdade por serem réus primários na forma da lei.

Gustavo e Jhony foram à oficina da vítima, no Município, para cobrar uma dívida de cerca de R$ 1,2 mil.  

Gustavo, que aparece no vídeo cometendo as agressões, foi condenado a sete anos e quatro meses, enquanto Jhony, que gravava, teve sentença de sete anos e oito meses. 

Para a juíza, Jhony merece pena maior porque, “além de realizar a filmagens das cenas de agressões, durante todo o desenrolar do delito instigou o réu Gustavo, bem como, ameaçou, amedrontou e humilhou o ofendido João Paulo”.

Na decisão, a magistrada constatou a materialidade das infrações penais com base em boletim de ocorrência, relatório de investigação, termos de declarações prestados pela vítima, exame de corpo de delito, filmagem feita por um dos réus e juntada aos autos, termos de declarações de testemunhas, bem como depoimentos.

“[…] Os réus Gustavo Henrique Nilson Albues e Jhony Marlon Camargo de Souza, no dia do fato, após terem praticado o crime de tortura em face da vítima João Paulo Andrade da Costa, subtraíram, mediante violência e grave ameaça, uma peça de um veículo automotor que estava sob os cuidados do ofendido”, consta em trecho da decisão. 

Para Anna Paula, a autoria dos crimes foi “soberanamente comprovada”, tendo em vista que durante o processo criminal foram produzidos elementos probatórios “robustos e cristalinos”. 

“Que evidenciam que os réus, no dia do fato, praticaram o crime de tortura em face da vítima João Paulo Andrade da Costa, visto que a constrangeu, com emprego de violência e grave ameaça, causando-lhe, por consequência, sofrimento físico e mental, com a finalidade de obter confissão de dívida”, escreveu a juíza. d

“[…] Mesmo após ter logrado êxito na obtenção da confissão, não cessaram as agressões, mesmo diante do fato de a vítima ter oferecido bens para serem levados como pagamento da dívida”, justificou. 

Nas investigações, foi possível apurar que a vítima passou por outras sessões de tortura além daquela filmada pelos suspeitos. No mesmo dia, os dois indiciados agrediram a vítima por outras duas vezes, totalizando três sessões de tortura.

https://www.midianews.com.br/cotidiano/dupla-que-torturou-mecanico-e-filmou-e-condenada-a-7-anos.

 

Fonte: 100 limite

Continue lendo

Acidentes

Rolim de Moura- Funcionário de Farmácia perde controle e cai da ponte do rio com moto

Publicado

em

Por

Um rapaz funcionário de uma farmácia sofreu uma queda ao passar sobre a ponte do Rio Anta na Avenida São Luiz na tarde desta Quinta feira (15), Bairro, Centenário.

 

Segundo informações o condutor da moto Honda 150 trafegava pela Avenida São Luiz sentido Centro, ao passar sobre a ponte bateu em um murundu e perdeu o controle vindo a cair dentro do rio.

 

A moto foi descendo pela correnteza e por sorte enrroscou em uns galhos, motociclista não sofreu nenhum ferimento.

 

A equipe de resgate do corpo de bombeiros foi acionada e comparaceu ao local, os militares juramento com populares retiraram a moto do Rio.

 

O condutor da moto não precisou ser encaminhado ao hospital, pois não sofreu nada, apenas danos na moto, o rapaz estava indo trabalhar.

 

Fonte Rondonia News

Continue lendo

Destaques

Rolim de Moura- Você pode contar na hora de construir com Cascalheira Primavera que tem tudo que você precisa com melhor preço

Publicado

em

Por

Se vai construir e precisa comprar areia, pedra ou brita, não fique andando de um lado para outro, vá direto a Cascalheira Primavera de Rolim de Moura, lá você encontra todo tipo de areia, sendo areia grossa, fina, pedra, brita e muito mais.

Preço baixo, qualidade atendimento melhor preço, é Cascalheira Primavera, ligue e faça seu orçamento sem compromisso.

Cascalheira Primavera localizada na Avenida Norte Sul, 4363, centro de Rolim de Moura, RO, telefone 3442-1915.

Continue lendo

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: