Conecte-se conosco

Politica

G20 se compromete a garantir acesso global a vacina contra covid-19

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Journalists watch Saudi King Salman bin Abdulaziz’s virtual speech live at the media centre during an opening session of the 15th annual G20 Leaders’ Summit in Riyadh, Saudi Arabia November 21, 2020. REUTERS/Nael Shyoukhi

Os líderes das 20 maiores economias do planeta prometeram nesse domingo (22) não poupar esforços para fornecer medicamentos, testes e vacinas contra a covid-19 de maneira acessível e justa para “todas as pessoas”, refletindo as preocupações de que a pandemia possa aprofundar as divisões globais entre ricos e pobres.,

A pandemia do novo coronavírus e as perspectivas de uma recuperação econômica desigual e incerta estiveram no centro do encontro, que teve duração de dois dias sob a presidência da Arábia Saudita, que passará o comando do G20 à Itália no próximo mês.

“A pandemia de covid-19 e seu impacto sem precedentes em termos de vidas perdidas, meios de subsistência e economias afetadas foram um choque sem paralelo que revelou vulnerabilidades em nossa preparação e resposta, ressaltando nossos desafios comuns”, disse o comunicado final do encontro.

As nações do G20 trabalharão para “proteger vidas, fornecer apoio com foco especial nos mais vulneráveis e colocar nossas economias de volta no caminho para restaurar o crescimento, proteger e criar empregos para todos”.

Sobre vacinas, testes e tratamentos, os líderes disseram: “Não pouparemos esforços para garantir o acesso equitativo e acessível a todas as pessoas”.

A economia mundial sofreu forte contração este ano, pois as medidas para conter a disseminação do vírus restringiram o transporte, o comércio e a demanda em todo o planeta.

Os líderes do G20 disseram que a atividade econômica global aumentou parcialmente graças à reabertura gradual de algumas economias, mas a recuperação é desigual, altamente incerta e sujeita a riscos de queda.

Eles reafirmaram o compromisso de usar “todas as ferramentas políticas disponíveis, pelo tempo que for necessário” para proteger a vida, o emprego e a renda das pessoas.

Congelamento de dívida

O G20 endossou um plano para estender o congelamento dos pagamentos de dívida dos países mais pobres até meados de 2021 e, além disso, uma abordagem comum para lidar com os problemas de dívida, de acordo com o comunicado.

Os países também disseram que incentivam fortemente os credores privados a participar da iniciativa em termos comparáveis, quando solicitados pelos países elegíveis.

A iniciativa de alívio de dívida do G20 ajudou 46 países a postergar US$ 5,7 bilhões em pagamentos de dívida em 2020. Mas 73 países eram elegíveis para a medida, e a promessa era de um alívio potencial de cerca de US$ 12 bilhões.

Por Davide Barbuscia, Maha El Dahan, Raya Jalabi e Andrea Shalal – – Repórteres da Reuters – Dubai

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Politica

Santa Luzia entra na fase 2 no novo decreto do Governo

Publicado

em

foto divulgada
O Governo de Rondônia publicou um novo Decreto na noite da última sexta-feira (15), com medidas mais restritivas, o obetijo de frear a propagação do coronavírus no Estado. 
O Decreto N° 25.728 trouxe medidas bem severas quanto a circulação de pessoas. Em um trecho, o documento diz que fica proibida a circulação de pessoas entre às 20h até às 6h da manhã.
A circulação de pessoas só fica permitida para profissionais da imprensa; motoboys de entregas de medicamentos e insumos hospitalares e alimentos; cuidadores de idosos, de crianças ou pessoas com deficiência; e para buscar atendimento médico.
O decreto só permite a circulação dessas pessoas, mediante a declaração justificando a saída na rua entre às 20h e 6h. O documento pode ser feito a punho, impresso ou gerado eletronicamente e salvo no celular, por meio do formulário eletrônico disponível no site da Sefin.
O toque de recolher vale para as cidades que se enquadram na Fase 1 e 2 do Plano Todos por Rondônia, onde só permite atividades essenciais. Medida começa a valer a partir deste domingo (17) e segue até o dia 26 de janeiro.
Confira as cidades que estão na Fase 1 e 2:
1 Porto Velho
1 Ariquemes
1 Cacoal
1 Vilhena
1 Ouro Preto D’Oeste
1 Nova Brasilândia D’Oeste
1 Alto Alegre dos Parecis
1 Espigão D’Oeste
1 Machadinho D’Oeste
1 Cabixi
1 Cacaulândia
1 Cerejeiras
1 Chupinguaia
1 Colorado D’Oeste
1 Corumbiara
1 Monte Negro
1 Novo Horizonte D’Oeste
1 Rio Crespo
1 São Miguel do Guaporé
1 Vale do Anari
2 Ji-Paraná
2 Candeias do Jamari
2 Jaru
2 Guajará-Mirim
2 Urupá
2 Rolim de Moura
2 Buritis
2 Santa Luzia D’Oeste
2 Pimenta Bueno
fonte. por João Vitor Muniz/Rondoniaovivo
Obs. o titulo foi alterado para Santa Luzia entra na fase 2 confira o que pode e o que não pode . mais o conteúdo em si continua do autor por João Vitor Muniz/Rondoniaovivo
Continue lendo

Politica

SEM CIRCULAÇÃO: Capital e mais 28 cidades terão toque de recolher a partir das 20h

Publicado

em

O toque de recolher vale para as cidades que se enquadram na Fase 1 e 2 do Plano Todos por Rondônia

Foto: João Vitor Muniz/Rondoniaovivo

O Governo de Rondônia publicou um novo Decreto na noite da última sexta-feira (15), com medidas mais restritivas, o obetijo de frear a propagação do coronavírus no Estado. 
O Decreto N° 25.728 trouxe medidas bem severas quanto a circulação de pessoas. Em um trecho, o documento diz que fica proibida a circulação de pessoas entre às 20h até às 6h da manhã.
A circulação de pessoas só fica permitida para profissionais da imprensa; motoboys de entregas de medicamentos e insumos hospitalares e alimentos; cuidadores de idosos, de crianças ou pessoas com deficiência; e para buscar atendimento médico.
O decreto só permite a circulação dessas pessoas, mediante a declaração justificando a saída na rua entre às 20h e 6h. O documento pode ser feito a punho, impresso ou gerado eletronicamente e salvo no celular, por meio do formulário eletrônico disponível no site da Sefin.
O toque de recolher vale para as cidades que se enquadram na Fase 1 e 2 do Plano Todos por Rondônia, onde só permite atividades essenciais. Medida começa a valer a partir deste domingo (17) e segue até o dia 26 de janeiro.
Confira as cidades que estão na Fase 1 e 2:
1 Porto Velho
1 Ariquemes
1 Cacoal
1 Vilhena
1 Ouro Preto D’Oeste
1 Nova Brasilândia D’Oeste
1 Alto Alegre dos Parecis
1 Espigão D’Oeste
1 Machadinho D’Oeste
1 Cabixi
1 Cacaulândia
1 Cerejeiras
1 Chupinguaia
1 Colorado D’Oeste
1 Corumbiara
1 Monte Negro
1 Novo Horizonte D’Oeste
1 Rio Crespo
1 São Miguel do Guaporé
1 Vale do Anari
2 Ji-Paraná
2 Candeias do Jamari
2 Jaru
2 Guajará-Mirim
2 Urupá
2 Rolim de Moura
2 Buritis
2 Santa Luzia D’Oeste
2 Pimenta Bueno
fonte. por João Vitor Muniz/Rondoniaovivo
Continue lendo

Politica

Ministério da Saúde recruta 2,5 mil profissionais para atuar em Manaus

Publicado

em

O Ministério da Saúde informou que está recrutando 2,5 mil profissionais de saúde para auxiliar no atendimento a pacientes de covid-19 em Manaus. Com o avanço da pandemia, a capital amazonense enfrenta dificuldades nos serviços da rede pública de saúde.

Segundo a última atualização do ministério, já foram recrutados para trabalhar em Manaus 198 médicos, 562 enfermeiros, 1.212 técnicos de enfermagem, 313 fisioterapeutas e 253 farmacêuticos.

A Agência Brasil entrou em contato com o ministério para saber quantos destes profissionais já estão atuando na capital, mas ainda não obteve resposta.

A Justiça Federal no Amazonas determinou hoje (15) que os governos do estado e federal apresentem um plano para solucionar a falta do oxigênio, que é usado no atendimento a pacientes, especialmente de covid-19.

O governo amazonense informou nesta sexta-feira que vai transferir 235 pacientes para sete estados e para o Distrito Federal diante da impossibilidade de garantir atendimento.

Fonte. rondoniagora

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidade

Publicidade

--Publicidade--

Artigos

Categorias

--Publicidade--

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: