Conecte-se conosco

Geral

Casal gay adota menina com HIV, rejeitada por dez famílias na Argentina

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Damián Pighin, de 42 anos, e Ariel Vijarra, de 39, se tornaram o primeiro casal gay a se casar na província de Santa Fé, na Argentina, em 2012. Ambos decidiram logo depois que queriam expandir a família, mas a realização desse sonho não foi nada fácil.

O casal esperou por três anos até receber uma ligação com a notícia de que uma bebê estava disponível para adoção, mas acabou surpreendido com a informação de que a menina de 28 dias de vida tinha HIV e já havia sido rejeitada por dez famílias. Ao contrário dos outros casais, porém, eles decidiram levar a criança para casa e a batizaram de Olivia.

Casal gay adota menina com HIV, rejeitada por dez famílias na Argentina

Foto: Repdorução

“Nunca tivemos dúvidas. A primeira coisa que fizemos foi pedir autorização para visitá-la no mesmo dia”, contou Damián a agência de notícias Infobae. “A conexão foi imediata. Nós a seguramos em nossos braços, demos a mamadeira e ela olhou para nós com os olhos bem abertos, sem chorar”, disse Vijarra.

Assim que chegou à sua nova casa, Olivia começou um tratamento contra o vírus que contraiu ainda na barriga da mãe. Ela ganhou peso e se desenvolveu de forma saudável com o passar do tempo. Atualmente, aos cinco anos, a menina não tem mais sinais do HIV no organismo.

“O tratamento foi com AZT, como fazem os adultos, já que não existem medicamentos antirretrovirais pediátricos. Ela se comportou como uma guerreira. Um ano e meio depois que ela nasceu, os infectologistas confirmaram que todos os exames deram negativo. Não tinha mais HIV, era saudável. Foi escolhida por Deus. É algo inexplicável ”, lembraram os pais.

Casal gay adota menina com HIV, rejeitada por dez famílias na Argentina

Foto: Olívia e Victoria aos 5 anos de idade hoje – Reprodução

No ano seguinte à chegada de Olivia, o casal adotou outra menina, Victoria, que tem cinco anos de idade.

Após vivenciarem a experiência da adoção, Pighin e Vijarra criaram uma ONG chamada “Acunar Familias”, que ajuda na adoção de crianças e adolescentes por todo o país. A ideia é fazer a ponte entre os casais e as crianças e adolescentes disponíveis para adoação, bem como oferecer aconselhamento e apoio para eles durante o processo.

Fonte: Extra

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Geral

IMPACTOS DA COVID-19: Honda anuncia suspensão temporária da produção de motos em Manaus

Publicado

em

Em comunicado, montadora afirma que decisão foi motivada pelos impactos da Covid-19 nas cadeias de suprimento e o agravamento da pandemia no estado

Foto: Divulgação

A Honda anunciou nesta sexta-feira a paralisação temporária da produção de motos no complexo fabril de Manaus, no Amazonas. Segundo comunicado, a decisão ocorreu em virtude dos impactos da covid-19 na cadeia de suprimentos e o agravamento da pandemia no estado.
De acordo com a montadora, a linha de produção será suspensa do dia 25 de janeiro a 3 de fevereiro. “A retomada está prevista para 4 de fevereiro, desde que as condições necessárias sejam atendidas”, afirmou em nota.
Durante o período, os funcionários dos setores administrativos e produtivos entrarão em férias coletivas, com contingente mínimo para realização de atividades essenciais.
A decisão da montadora ocorre no momento em que a indústria enfrenta a escassez de insumos. A parada abrupta da cadeia produtiva por conta da pandemia dificultou a importação e fez aumentar os custos.
Além da escassez de matéria-prima, que aumenta a pressão sobre os preços e custos com logística, a montadora viu suas operações serem impactadas pelo recrudescimento da Covid-19.
Crise em Manaus
A Honda não é a primeira montadora a paralisar a produção por conta da crise de oxigênio em Manaus. De acordo com a coluna de Miriam Leitão, no Globo,  outras indústrias do polo da Zona Franca de Manaus interromperam as suas atividades para que o oxigênio fosse destinado para a saúde.
Fonte. O GLOBO
Continue lendo

Geral

LAMAÇAL: Comboio com oxigênio para Manaus enfrenta atoleiro na BR-319 e atrasa entrega

Publicado

em

Foto: Divulgação

O comboio que acompanha a carga de 75 mil m³ de oxigênio medicinal composto por carretas e veículos da Polícia Rodoviária Federal – PRF e Polícia Federal – PF, não chegará na data prevista por conta dos atoleiros enfrentados na BR-319.
A rodovia que liga Porto Velho (RO) à Manaus (AM) por via terrestre apresenta diversos trechos críticos. Com um solo argiloso e o período chuvoso na região amazônica a situação fica ainda mais complicada. 
Previsto inicialmente para chegar a Manaus ainda nesta última quinta-feira (21) o comboio permanece na estrada e a previsão agora é que a chegada à capital amazonense ocorra neste sábado (23). 
Para dar apoio aos veículos que atolam, pranchas, guinchos e um aparato de máquinas estão no local. Até esta sexta-feira (22) sete caminhões com mais de 170 mil m³ de oxigênio estão trafegando pela BR-319.
Mesmo com os atoleiros a chegada do oxigênio será mais rápida do que se o transporte da carga fosse realizado através de balsas, já que duraria aproximadamente cinco dias em uma viagem de 1.239 quilômetros.
Confira vídeo: 

Fonte. Rondoniaovivo – João Paulo Prudêncio
Continue lendo

Geral

PREVISÃO DO TEMPO: Tempo continua chuvoso nesta sexta-feira (22) em Rondônia

Publicado

em

Foto: Divulgação

A previsão é de poucas alterações no tempo e o céu continua nublado com períodos de céu encoberto e ocorre pancadas de chuva, que poderão vir acompanhadas de trovoadas, entre a tarde e noite nas regiões Sul e da Zona da Mata rondoniense.Já na Capital e demais regiões do Estado pode ocorrer pancadas de chuva com trovoadas a qualquer hora do dia.

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidade

Publicidade

--Publicidade--

Artigos

Categorias

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: