Conecte-se conosco

Geral

Brasileiro desfigura nariz de rival durante luta no UFC

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Brasileiro deixa nariz de rival desfigurado em luta do UFC

Brasileiro desfigura nariz de rival durante luta no UFC
O brasileiro Vicente Luque disputou uma luta franca e dura na categoria meio-médio diante do Mike Perry no UFC Uruguai, realizado na noite deste sábado. E o resultado para o norte-americano foi desastroso: derrota por pontos e um nariz fraturado e totalmente desfigurado, segundo as imagens divulgadas no perfil oficial da entidade.

O golpe que causou o estrago foi uma joelhada. Vicente Luque venceu a luta por decisão dividida: 29-28, 28-29 e 29-28.

Na luta principal do evento no Uruguai, Valentina Shevchenko venceu Liz Carmouche na disputa do cinturão feminino da categoria moscas. O combate não empolgou os torcedores. A quarta vitória consecutiva da campeão veio por pontos, com um triplo 50 a 45.

Fonte:Gazeta Esportiva

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Geral

RÁPIDOS: Notas falsificadas de R$ 200 já são encontradas no comércio

Publicado

em

Foto: Divulgação

 

O TEMPO – O lançamento da nova nota de R$ 200 deve ocorrer somente no final deste mês de agosto, mesmo assim já existe uma versão falsificada circulando pelo país. Pelo menos é isso que afirmam internautas nas redes sociais, onde os relatos são de que a cédula foi vista no comércio de Madureira, zona norte do Rio de Janeiro.
Os falsificadores não se deram ao trabalho nem de fazer uma cópia com cores semelhantes às que foram aprovadas pelo Banco Central, cinza com detalhes em marrom, e lançaram no mercado uma nota laranja. Pelo menos na ilustração aparece corretamente o lobo-guará, animal escolhido. Porém, não se sabe qual será a imagem a ser utilizada.
“Como a nota de R$ 200 ainda não foi lançada e nem está em circulação, obviamente estamos diante de um caso de falsificação. A falsificação de notas, como sabemos, é crime“, afirmou o Banco Central em resposta ao jornal “O Dia“, responsável pela informação inicial.
Apesar de o BC ter escolhido a cor cinza, ela ainda depende de aprovação. Segundo a assessoria de comunicação da Casa da Moeda – responsável pela emissão do Real – as opções da moeda apresentadas pela instituição estão em fase final de testes.
Aos criminosos, o BC esclarece que falsificação está previsto no artigo 289 do Código Penal, com pena que pode variar de 3 a 12 anos de prisão. O órgão ainda explica que quem tenta colocar uma cédula falsa em circulação depois de tomar conhecimento de sua falsidade, mesmo que a tenha recebido de boa fé, pode ser condenado a uma pena de 6 meses a 2 anos de detenção.
Fonte. O TEMPO
Continue lendo

Geral

PANDEMIA: Bolsonaro assina Medida Provisória para viabilizar vacina contra Covid-19

Publicado

em

Foto: Divulgação

AGÊNCIA BRASIL – Neste momento, no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro assina medida provisória destinando recursos para viabilizar a fabricação de vacina contra o novo Coranavírus (Covid-19) no país.
A vacina contra a Covid-19 foi desenvolvida pela Universidade de Oxford (Inglaterra) e está sendo testada no Brasil por meio de uma parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
Secretário adianta pontos da estratégia de vacinação para Covid-19
As primeiras 30,4 milhões de doses vão chegar em dois lotes: metade, 15,2 milhões, em dezembro e a mesma quantidade em janeiro. “Com o avanço da ciência, acreditamos que, em dezembro, talvez, já passemos o ano novo de 2021 com pelo menos 15,2 milhões brasileiros vacinados para covid-19 e possamos juntos construir essa nova história da saúde pública do nosso país”, disse o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia.
Além desses dois lotes, mais 70 milhões de unidades da vacina serão disponibilizadas gradativamente, a partir de março de 2021. O medicamento está sendo desenvolvido pela farmacêutica britânica AstraZeneca, em conjunto com a Universidade de Oxford, e já se encontra em fase de testes clínicos em vários países, incluindo o Brasil.
Vacina de Oxford pode ser distribuída este ano, diz Astrazeneca
A vacina contra o Covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, com testes no Brasil, poderá ficar disponível à população ainda este ano. A afirmação foi feita por Maria Augusta Bernardini, diretora-médica do grupo farmacêutico Astrazeneca. O grupo anglo-sueco participa das pesquisas da universidade inglesa em parceria com Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
“Esperamos ter dados preliminares quanto a eficácia real já disponíveis em torno de outubro, novembro”, disse Bernardini. Segundo ela, apesar de os voluntários serem acompanhados por um ano, existe a possibilidade de distribuir a vacina à população antes desse período.
Vamos sim analisar, em conjunto com as entidades regulatórias mundiais, se podemos ter uma autorização de registro em caráter de exceção, um registro condicionado, para que a gente possa disponibilizar à população antes de ter uma finalização completa dos estudos”, acrescentou, destacando que os prazos podem mudar de acordo com a evolução dos estudos.
Fonte .AGÊNCIA BRASIL
Continue lendo

Geral

Teresina: FMS confirma Febre do Nilo e inicia investigação para isolar vírus

Publicado

em

Foto: FMS

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) confirma um caso de Febre do Nilo Ocidental em Teresina e inicia uma investigação epidemiológica após constatar que um morador do bairro Mafrense, na zona Norte de Teresina, foi infectado pelo vírus transmissor da doença. A investigação busca isolar o vírus para evitar novas contaminações em Teresina.

A FMS destaca que a Gerência de Zoonoses está colocando redes para capturar aves e armadilhas para atrair mosquitos capazes de transmitir a doença. Além disso, nesta quarta-feira (05), a equipe da Zoonoses realiza a “coleta de sangue de cavalos dos carroceiros da região” do Mafrense. “As amostras serão encaminhadas para Universidade Federal do Piauí (UFPI), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Instituto Evandro Chagas”.

 Oriana Bezerra, gerente de Zoonoses da FMS, esclarece que a notificação desse caso foi realizada ainda no ano passado, mas o resultado com diagnóstico final da doença, feito pelo Instituto Evandro Chagas – laboratório de referência do Ministério da Saúde com sede no Estado do Pará – foi concluído em julho deste ano.
 A gerente ressalta que a pessoa infectada com a doença não saiu de Teresina. Por causa disso, a investigação busca entender como se deu a transmissão do vírus. “Em parceria com a UFPI foram colocadas redes de neblina para capturar aves e realizar a coleta do sangue para que seja feito o isolamento do vírus. Faremos ainda a aspiração de imóveis que dão acesso a lagoa do Mafrense, com objetivo de capturar os mosquitos e fazer o isolamento viral desses vetores”, completa.

“A coleta de sangue dos animais de propriedade dos carroceiros da região do bairro Mafrense está sendo realizada nesta quarta-feira no setor de Correição do Centro de Zoonoses de Teresina. Após a coleta, as amostras serão enviadas à UFPI, UFMG e Instituto Evandro Chagas para que seja feito o isolamento viral”, acrescenta a FMS.

A FMS explica que a “Febre do Nilo Ocidental é uma infecção viral transmitida pelo mosquito Culex (mosquito comum). É uma arbovirose, assim como a dengue, a zika e a chikungunya. “Este vetor pica uma ave migratória, que vem infectada de outro país, e sai transmitindo para as pessoas. Ela acomete aves, equídeos e o ser humano”.

O médico neurologista da FMS, Marcelo Vieira, comenta que a prevenção da doença ocorre por meio de “medidas para minimizar a proliferação e o contato dos mosquitos com os humanos. Todos os casos suspeitos em Teresina são notificados e investigados laboratorialmente para febre do Nilo Ocidental”, finaliza.

Fonte: cidadeverde.com

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidade

Publicidade

--Publicidade--

Artigos

Categorias

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal de Notícias Rondônia News. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: