Conecte-se conosco

Geral

Por clonagem de celular, Claro, Facebook e Whatsapp são condenados a indenizar ex-deputado

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

As empresas Claro, Facebook e Whatsapp, foram condenadas pela Justiça de Rondônia a pagar uma indenização de R$ 15 mil por danos morais ao prefeito do município de Cacoal, Adailton Antunes Ferreira, o “Fúria”, após ele ter seu número clonado ainda quando ele era deputado estadual, no ano passado. Os criminosos pediram dinheiro para pessoas próximas ao ex-parlamentar e acabaram repassando valores aproximados de R$ 20 mil. Fúria diz que as vítimas dos golpes o estão cobrando porque acreditaram ter feito as transferências para o próprio.

Segundo a sentença, assinada pelo juiz Elson Pereira de Oliveira Bastos, da 3ª Vara Cível de Cacoal, publicada no Diário da Justiça desta terça-feira (20), Fúria registrou ocorrência policial relatando que teve seu número de telefone celular e seu aplicativo de mensagens WhatsApp clonado por estelionatários no dia 29 de abril de 2.020. Os criminosos, segundo o prefeito, entraram em contato com diversos de seus contatos mais próximos pedindo quantias em dinheiro. E várias pessoas depositaram dinheiro. Ao tomar conhecimento, ele informou que tinha sido vítima de clonagem, mas o prejuízo das vítimas foi grande e passaram a cobrar o próprio ex-deputado, pois não se conformam com o prejuízo.

Na sentença, o juiz Elson Pereira de Oliveira Bastos, enfatizou que a empresa de telefonia é a única com capacidade técnica para bloquear e transferir os dados da linha do cliente para outro chip, a revelar que o golpe ocorreu em razão da falha no seu sistema e não no programa administrador do WhatsApp (Provedor de Aplicação de Internet).

O juiz destacou também que mesmo em se tratando de terceiro estelionatário a realizar tal operação, isso somente demonstra a existência de falha no sistema de segurança da empresa de telefonia.

Além dos R$ 15 mil destinados ao prefeito, as empresas também devem pagar honorários advocatícios estipulado em 15% sobre o valor da condenação.

Fonte. rondoniagora.

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Geral

Governo de Rondônia lança exposição “Meu mundo” com pinturas em tela ao vivo durante live, nessa sexta-feira 23

Publicado

em

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), realiza nesta sexta-feira (23) na Galeria Afonso Ligório, no térreo da Casa da Cultura Ivan Marrocos, o lançamento da exposição “Meu Mundo” da artista plástica, Eryle Aguiar.

O lançamento será feito por meio de um live, a partir das 16 horas na página da Funcer. A transmissão ao vivo será coordenada pela diretora da Casa da Cultura Ivan Marrocos, Sílvia Cristina e pelo artista plástico e servidor João Zoghbi com apoio técnico da Sejucel, e apoio cultural e logístico da Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer). “O apoio à classe artística é uma das preocupações do governador Marcos Rocha, principalmente nesse período de pandemia. E a Sejucel encontrou nessas transmissões ao vivo uma forma de não deixar os artistas desassistidos de apoio à sua arte”, destacou o superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira.

Eryle Aguiar elegeu a “Lágrimas de uma obsessão”, como uma das preferidas

Essa é a primeira exposição de Eryle Aguiar, que já reuniu 45 obras desde que começou a pintar há 10 meses, como forma de expressar o que sente por meio das telas. “Tenho dificuldade de se comunicar por ser autista. O diagnóstico na fase adulta fez com que eu me entendesse um pouco mais e eu precisava me expressar, colocar para fora os meus sentimentos”, relata a artista.

Ela afirma que identificou em sua arte com uma visão contemporânea focada no abstracionismo, que é um estilo artístico que surgiu das vanguardas europeias no século XX, e que buscavam romper com a tradição cultural herdada do passado, monopolizada pela academia, tradicionalista e que focava o “belo” como principal característica.

Das 45 telas que estarão à venda na exposição com preços variados, Eryle Aguiar elegeu a “Lágrimas de uma obsessão”, como uma das preferidas. Ela aponta um misto de sentimentos entre tristeza e felicidade. Diz ainda não sabe como será a 46ª tela que vai ser pintada ao vivo durante a live de lançamento.

As obras de Eryle Aguiar ou eryleabstr¬_arte como é conhecida nas redes sociais, são pinturas em acrílico sobre tela e mista e podem ser encontradas também na internet.

A artista conta que “as obras seguem uma linha tênue, pura, às vezes inocente, mas com bastante firmeza em seus traços que demonstram um pouco de agressividade. Ao mesmo tempo em que é lúdico ao utilizar como recurso técnico as próprias mãos deixando suas digitais bem fortes com a pintura com os dedos, fortes espatuladas e pinceladas em cores quentes contrastando com a suavidade e com vibrações frias, muitas vezes com pigmentos harmoniosamente terrosos”.

A artista plástica é autista e, há 10 meses, encontrou na arte uma forma de expressar o que sente

Para a diretora da Casa da Cultura Ivan Marrocos, Sílvia Cristina, a artista plástica Eryle Aguiar teve uma infância difícil, na adolescência meio que incompreendida por quase todos a sua volta, porém a força de seu trabalho e de sua arte lhe coloca em outra esfera no mundo artístico e natural. “Ela nos procurou, aqui na Casa da Cultura, e sentimos que o seu trabalho tem amadurecido de fase a fase, desde seus primeiros quadros até a produção mais recente, nos convencendo de que se trata de um grande talento ainda em estado de evolução e que lhe credencia fazer sua primeira exposição presencial. Uma oportunidade clara, em que lhe dará mais experiência e crescimento em sua jornada artística”.

A exposição presencial ficará à disposição do público até o dia 17 de agosto, das  9h às 18h na Galeria Afonso Ligório da Casa da Cultura Ivan Marrocos, localizada na Avenida Carlos Gomes, 2454, no Bairro Caiari em Porto Velho. Vale ressaltar que para a visitação serão tomados todos os cuidados seguindo o protocolo sanitário contra a covid-19, para garantir a segurança dos visitantes e servidores da Casa da Cultura Ivan Marrocos.

Fonte: Governo do Estado de Rondônia

Continue lendo

Geral

Ipem reforça fiscalização nos postos de combustíveis nos municípios de Rondônia

Publicado

em

Para fortalecer os trabalhos sociais no Estado, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), realizou, entre os dias 19 e 20 de julho, um encontro de Apoio Técnico Regionalizado, como objetivo de orientar as equipes de referência dos programas socioassistenciais dos municípios de Cerejeiras, Corumbiara, Colorado do Oeste, Chupinguaia, Cabixi, Pimenteiras do Oeste e Vilhena.

A gerente regional Marciana Malaquias destaca que a ação é uma iniciativa da pasta para instruir e trocar experiência entre os profissionais do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), fortalecendo o atendimento aos usuários dos serviços socioassistenciais, principalmente na pandemia.

Para Gláucia Prado, gerente de proteção social especial, o apoio técnico vem para contribuir e aprimorar as equipes de referência municipais conforme a Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social, pois os temas abordam a execução e ofertas da qualificação dos programas, além dos serviços e benefícios no âmbito das gerências de Proteções Sociais Básicas e Especial, para que os profissionais consigam desempenhar um atendimento de qualidade à população.

Já a gerente da Proteção Social Básica, Edina Regina Gomes, afirma que desde o início da pandemia a secretária da Seas, Luana Rocha, vem buscando alternativas para fortalecer os programas de atendimento na área social. No entanto, somente agora, com o abrandamento dos efeitos da pandemia da covid-19, foi realizado esse tipo de atividade, com maior garantia à segurança dos servidores.

O encontro envolveu os profissionais dos municípios de Cabixi, Colorado do Oeste, Cerejeiras, Corumbiara, Chupinguaia, Pimenteiras do Oeste e Vilhena, porém a ação deve acontecer em todos os municípios.

Fonte: Governo do Estado de Rondônia

Continue lendo

Geral

Governo de Rondônia promove apoio técnico regionalizado para profissionais socioassistenciais do Cone Sul

Publicado

em

Para fortalecer os trabalhos sociais no Estado, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), realizou, entre os dias 19 e 20 de julho, um encontro de Apoio Técnico Regionalizado, como objetivo de orientar as equipes de referência dos programas socioassistenciais dos municípios de Cerejeiras, Corumbiara, Colorado do Oeste, Chupinguaia, Cabixi, Pimenteiras do Oeste e Vilhena.

A gerente regional Marciana Malaquias destaca que a ação é uma iniciativa da pasta para instruir e trocar experiência entre os profissionais do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), fortalecendo o atendimento aos usuários dos serviços socioassistenciais, principalmente na pandemia.

Para Gláucia Prado, gerente de proteção social especial, o apoio técnico vem para contribuir e aprimorar as equipes de referência municipais conforme a Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social, pois os temas abordam a execução e ofertas da qualificação dos programas, além dos serviços e benefícios no âmbito das gerências de Proteções Sociais Básicas e Especial, para que os profissionais consigam desempenhar um atendimento de qualidade à população.

Já a gerente da Proteção Social Básica, Edina Regina Gomes, afirma que desde o início da pandemia a secretária da Seas, Luana Rocha, vem buscando alternativas para fortalecer os programas de atendimento na área social. No entanto, somente agora, com o abrandamento dos efeitos da pandemia da covid-19, foi realizado esse tipo de atividade, com maior garantia à segurança dos servidores.

O encontro envolveu os profissionais dos municípios de Cabixi, Colorado do Oeste, Cerejeiras, Corumbiara, Chupinguaia, Pimenteiras do Oeste e Vilhena, porém a ação deve acontecer em todos os municípios.

Fonte: Governo do Estado de Rondônia

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidade

Publicidade

--Publicidade--
--Publicidade--

Artigos

Categorias

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: