Conecte-se conosco

Saude

Adolescente de RO consegue transplante de fígado após ficar intubado com hepatite fulminante: ‘Meu filho é um milagre’, diz mãe

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Aos olhos humanos, a gente olhando pra ele, realmente ele já estava morto”. Essa era a impressão que Dóres Motta, de 52 anos, tinha ao ver o filho caçula intubado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Tudo começou há 66 dias, quando Michael Jones, de 14 anos, deu entrada no hospital de Pimenteiras do Oeste (RO) com muita dor na barriga. Após uma série de exames, o resultado: hepatopatia grave.

“Acordei bem e até fui para escola. Voltei e enquanto aguardava para comermos, eu esperava no sofá e estava sentindo uma dorzinha, mas não falei nada. Sentei para almoçar, foi quando comecei a sentir a dor forte e ela foi aumentando. Depois comecei a ficar enjoado e não consegui comer. Foi quando falei pros meus pais que ia deitar um pouco e dormi. Quando acordei ainda estava com dor e foi quando meus pais decidiram me levar ao hospital”, lembra Michael.

Segundo a mãe, o garoto nunca havia apresentado indícios da doença e tudo aconteceu de forma muito inesperada. Logo após ser analisado em Pimenteiras, ele foi transferido para o Hospital de Urgência e Emergência Regional de Cacoal (Heuro).

26 dias se passaram e Michael não melhorou. O corpo começou a ficar muito inchado e debilitado e ele teve que passar por uma nova transferência, desta vez para o Hospital de Base Ary Pinheiro, em Porto Velho. Foi lá que a família conheceu o Dr. Leonardo Toledo, médico responsável pelo diagnóstico e agilidade no tratamento de Michael.

Depois de uma consulta e mais exames, o médico concluiu que um transplante de fígado seria indispensável, principalmente depois da piora do quadro clínico.

Fonte: G1

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Saude

Santa Luzia – Números de casos ativo aumenta nesta quarta feira 16

Publicado

em

O números de pessoas infectado pelo covid teve um leve aumento nesta quarta feira 16 de junho, em Santa Luzia .

Atenção: Esta doença existe por isso evita aglomerar use a mascara e álcool para proteger você e o próximo. 

Continue lendo

Saude

Boletim com dados sobre o coronavírus em Rolim de Moura desta quarta-feira (16)

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) divulgou, nesta quarta-feira (16), o novo boletim com dados da pandemia do coronavírus em Rolim de Moura. 

Segundo boletim, o município tem 193 pessoas em tratamento contra a covid-19, das quais 13 estão internadas. 40 novo caso de covid-19 foi registrados durante o final de semana, aumentando para 6.262 o número de pessoas que já se contaminaram com a doença desde o começo da pandemia. Deste total, 5.916 (94,47%) pessoas já se recuperaram da doença.

Ao todo, 153 pessoas já vieram a óbito por complicações da doença em Rolim de Moura. Um novo óbito foi registrado, e segundo informações, trata-se de uma mulher de 57 anos.

Veja o boeltim:

Casos de covid-19 em Rolim de Moura continuam em queda; 165 pessoas estão em tratamento
Reprodução/Assessoria

Não custa reforçar à população rolimourente para que cada um faça sua parte no combate ao vírus, como usar máscaras de proteção facial ao sair de casa, usar sempre o álcool gel e manter higienização das mãos e, principalmente, evitar ao máximo as aglomerações. Estes são os meios mais eficazes de proteção e combate ao coronavírus. 

Fonte: Da redação TribunaTOP

Continue lendo

Saude

Moradores de rua receberam vacina contra a COVID-19 em Rolim de Moura

Publicado

em

Trabalho faz parta da ação “Um Dia sem Rua”

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) de Rolim de Moura (RO) por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realizou na última sexta-feira (11). O trabalho foi realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA), setor de Epidemiologia de Rolim de Moura.

O projeto “Um Dia Sem Rua” oferta café da manhã, banho, disponibilização de roupas limpas e acolhida por profissionais da rede de atendimento socioassistencial com escuta humanizada e coleta de informações para atualização cadastral. Também foi realizada a vacinação contra a Covid-19, sendo que foram vacinados o total de 07 (sete) pessoas em situação de rua.

A ação “Um dia sem rua” tem como objetivo proporcionar as pessoas em situação de rua a oportunidade de passar um tempo fora do efeito de drogas e bebidas alcoólicas e ofertar o atendimento e encaminhamentos necessários a cada pessoa em situação de rua na cidade de Rolim de Moura. Ressaltando que essa ação estava suspensa temporariamente em decorrência da pandemia da Covid-19, e que retornará de forma gradativa.

Fonte. decom

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidade

Publicidade

--Publicidade--

Artigos

Categorias

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: