Conecte-se conosco

Politica

Jaqueline Cassol defende produtores de leite e cobra solução do Governo Estadual quanto ao baixo valor pago pelo produto

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Deputada Jaqueline Cassol discursa em defesa dos produtores de leite

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) está acompanhando de perto a crise que se instalou em Rondônia na cadeia do leite. Há pouco mais de 20 dias, boa parte dos produtores do estado paralisaram a distribuição do produto para as indústrias de laticínios. Esses produtores que somam mais de 28 mil em Rondônia, estão lutando para que essas empresas paguem valores justos pelo litro do leite.

De acordo com alguns produtores, as indústrias de laticínios do estado baixaram o valor pago pelo produto de um preço médio de R$ 2,20 para R$ 1,20 sem que os produtores fossem avisados previamente.

“Existe a lei estadual nº 3.571 de 2015 que obriga as empresas de beneficiamento e comércio de laticínios a informarem ao produtor de leite o valor mínimo a ser pago pelo litro do produto, até o penúltimo dia útil do mês, mas em Rondônia isso não acontece. A lei não é cumprida”, disse a deputada.

Rondônia é o maior produtor de leite da Região Norte e o que recebe o menor valor pelo litro. São cerca de 28 mil produtores responsáveis pela entrega de mais de 1,6 milhão de litros de leite por dia. José Batista de Araújo é um desses produtores. Ele atua na região de Nova Mamoré e assim como os demais, tem sofrido pela baixa do valor pago pelo leite.

Jaqueline Cassol defende produtores de leite e cobra solução do Governo Estadual quanto ao baixo valor pago pelo produto - noticias - jaqueline cassol

“Nós estamos sendo tratados como bandidos. A Polícia Militar tem escoltado os caminhões dos laticínios para entrarem nas propriedades rurais e levarem nosso leite por preços baixíssimos. Nós não somos bandidos, somos trabalhadores lutando para que nosso produto seja vendido por preço justo” reivindicou o produtor.

Euclides Sérgio Neto, também faz parte da cadeia do leite e mora em Costa Marques. A situação de conflito por lá é preocupante. Ele afirma que o valor justo a ser pago pelo litro de leite seria R$ 2, mas entende que por causa da pandemia houve uma queda na venda do produto.

“Estamos abertos à negociação. Caso os laticínios paguem R$ 1,70 pelo litro do leite, a gente volta a trabalhar e esse valor vai aumentando aos poucos. Nós não queremos ficar parados, temos nossos compromissos, mas também não podemos aceitar que paguem o valor que eles querem”, desabafou Euclides.

Discurso – Durante o discurso em plenário, na última terça-feira (13), a deputada defendeu os produtores de leite de Rondônia e cobrou do Governo do Estado, um posicionamento sobre a crise enfrentada pelos pecuaristas e ações para resolver a queda brusca do preço do leite.

“Fico revoltada com o tratamento que esses trabalhadores têm recebido por parte do Governo do Estado. São produtores que acordam antes do sol nascer para garantir o sustento de muitas famílias, eles merecem o nosso respeito. O governador precisa se posicionar, intermediar um acordo entre os produtores e os laticínios e definir esse valor a ser pago. O que não pode é deixar que o setor leiteiro seja prejudicado como está sendo”, alertou. “O governador precisa tomar uma atitude para resolver essa crise e eu estou disposta a contribuir com ideias para ajudar o nosso produtor”, afirmou.

Na sexta-feira (16) a deputada participará de uma audiência na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em Brasília (DF) e está tentando marcar uma reunião com representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para buscar alternativas para resolver o problema.

Fonte: Assessoria de Comunicação

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Politica

Em inauguração de ponte, Bolsonaro diz que decreto para impedir fechamento de vias já está pronto

Publicado

em

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse no final da manhã desta sexta-feira, durante a solenidade de inauguração da ponte do Rio Madeira em Abunã, que já está pronto um decreto presidencial para impedir o fechamento de vias no país. Ele voltou a dizer que as forças armadas não irão compactuar com o que considera ilegalidades e afirmou que irá defender a liberdade de ir e vir, de crença e de trabalho.

Bolsonaro deixou claro que irá agir com rigor em caso de novos fechamentos de vias, afirmando que não teria receio de tomar uma decisão extrema. “Creio que a liberdade é o bem maior que podemos ter. Tenho falado que se baixar um decreto – que já está pronto – todos cumprirão. Por que cumprirão? Porque esse decreto nada mais é do que a cópia dos incisos do artigo 5º da Constituição, que todos nós juramos defende-la. O nosso direito de ir e vir é sagrado, a nossa liberdade de crença também e também o trabalho. Não se justifica daqui pra frente, depois de tudo que passamos, fechar qualquer ponto do nosso Brasil. Aquele que abre mão de parte de sua liberdade em troca de segurança, por menor que seja, acaba no futuro não tendo liberdade e nem segurança. Todos nós preferimos morrer lutando do que perecer em casa. Eu me coloco na situação daqueles que perderam quase tudo, ou tudo, por decisões que são refeitas. Tenho dito a todos vocês meu Exercito jamais irá a ruas para mantê-los dentro de casa. A minha Marinha, meu Exército e minha Aeronáutica jogam dentro das quatro linhas da Constituição”, disse.

O presidente foi recebido por centenas de manifestantes prestando apoio e de dezenas de políticos. Deu destaque especial ao senador Marcos Rogério, citando que ele o apoia na CPI da Pandemia.

Fonte. rondoniagora.

Continue lendo

Politica

Em Porto Velho/RO, PRF garante segurança viária na inauguração da Ponte do Abunã

Publicado

em

 

Porto Velho (RO), 07/05/2021 – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia operacionalizou, na manhã desta sexta-feira (7) as ações necessárias para fluidez de trânsito e também para a segurança das pessoas, veículos e autoridades presentes na inauguração da Ponte do Abunã.

A solenidade contou com a presença do Presidente da República e de diversas autoridades dos estados de Rondônia e do Acre, além de representantes das Forças de Segurança Pública. Houve também expressiva participação popular.

Não houve registro de intercorrências, seja referentes à segurança dos presentes ou ainda incidentes de trânsito na BR 364, em decorrência do evento.

A Polícia Rodoviária Federal iniciará, a partir da liberação do trânsito de veículos sobre a ponte (previsto para acontecer no início da tarde de sábado), fiscalização preventiva e orientação dos condutores, com intuíto de garantir uma viagem segura para aqueles que seguem em ambos os sentidos da rodovia.

Núcleo de Comunicação Social –

Continue lendo

Politica

Juliana Antunes parabeniza equipe do Centro de Saúde da Mulher pelo prêmio recebido

Publicado

em

Vereadora Juliana Antunes, parabeniza a Diretora Janete Lins e toda equipe do centro de saúde da mulher de Rolim de Moura, por ter sido premiada pela Câmara Federal com prêmio Dr. Pinotti do prêmio Dr Pinotti – Hospital Amigo da mulher.

A clínica presta um serviço de extrema necessidade para a população, com especialidades na área de saúde da mulher, Urologia, Pediatria, Ultrassonografias, pequenas cirurgias, coleta de sorologia e hormônios, preventivos e outros, atendendo em torno de 150 pessoas por dia.

“Parabenizo a Janete Lins, pois em pouco mais de 4 meses, vem desenvolvendo um trabalho de qualidade frente a unidade”, disse Juliana.

Fonte Assessoria de Imprensa

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidade

Publicidade

--Publicidade--

Artigos

Categorias

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: