Conecte-se conosco

Politica

Caixa paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Brasília, DF, Brasil: Caixa Econômica Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Caixa paga hoje (21) auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários. Entre os beneficiários estão 3,6 milhões de brasileiros nascidos em agosto, que recebem R$ 1,6 bilhão no Ciclo 3 de pagamentos. Também está sendo liberado hoje o pagamento de R$ 421 milhões referentes à segunda parcela do auxílio emergencial extensão para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final de NIS (Número de Identificação Social) número 3.

Ciclo 3 e auxílio residual

Do total de recursos pagos hoje no Ciclo 3, R$ 800 milhões são referentes às parcelas do auxílio emergencial pagas para 1,3 milhão de pessoas. Os demais, 2,3 milhões, serão contemplados com a primeira parcela do auxílio emergencial extensão, em um montante de R$ 800 milhões.

A partir desta quarta-feira, os valores já podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em mais de 1 milhão de estabelecimentos comerciais.

O benefício criado em abril pelo governo federal foi estendido até 31 de dezembro por meio da Medida Provisória (MP) nº 1.000. O auxílio emergencial residual será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600,00.

A Caixa lembra que não há necessidade de novo requerimento para receber a extensão do auxílio. Somente aqueles que já foram beneficiados e, a partir de agora, se enquadram nos novos requisitos estabelecidos na MP terão direito a continuar recebendo o benefício.

De acordo com o banco, a parcela extra inicial será para os beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio emergencial em abril.

Os saques e transferências para quem recebe o crédito nesta quarta-feira serão liberados a partir do dia 28 de novembro.

Poupança social digital

A conta poupança social digital é simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil. A movimentação do valor poderá, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo Caixa Tem, sem custo, evitando o deslocamento das pessoas até as agências. Logo após o crédito dos valores, será possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code nas maquininhas de cartão. O beneficiário também poderá fazer o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas por meio da opção “Pagar na Lotérica” do Caixa Tem.

Com o cartão de débito virtual Caixa é possível fazer compras pela internet, aplicativos e sites de qualquer um dos estabelecimentos credenciados. Para gerar o cartão, é preciso entrar no aplicativo e acessar o ícone cartão de débito virtual. Feito isso, o usuário deverá digitar a senha do Caixa Tem. Em seguida, aparecerão os seguintes dados: nome do cidadão, número e validade, além do código de segurança. Ao lado do código, é preciso clicar em gerar e assim, o cartão estará disponível. O código de segurança vale para uma compra ou por alguns minutos. Para realizar uma nova compra é preciso gerar um novo código.

Bolsa Família

A Caixa paga também hoje R$ 421 milhões referente à segunda parcela do auxílio emergencial extensão para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final de NIS número 3. Ao todo, mais de 16 milhões de pessoas cadastradas no programa Bolsa Família foram consideradas elegíveis para a segunda parcela do auxílio emergencial extensão e receberão, no total, R$ 4,2 bilhões durante o mês de outubro.

Segundo a Caixa, para quem recebe o Bolsa Família nada muda. O recebimento do auxílio emergencial extensão atende aos mesmos critérios e datas do benefício regular, permitindo a utilização do cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Para o pagamento do auxílio emergencial extensão, os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade feita pelo Ministério da Cidadania e recebem o valor do programa complementado pela extensão do auxílio emergencial em até R$ 300 ou em até R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental.

Edição: Graça Adjuto

Por Kelly Oliveira 

Repórter da Agência Brasil – Brasíli

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Politica

Prefeito eleito em Rolim de Moura, Aldo Júlio busca parceria com o Governador, Marcos Rocha e Vice-Governador, José Jodan

Publicado

em

O Prefeito eleito em Rolim de Moura (RO), com 9.064 votos, o vereador Aldo Júlio, já está arregaçando as mangas da camisa e buscando parcerias em prol do município.

Na terça-feira (24), o Prefeito Aldo Júlio esteve em Porto Velho, Capital do Estado, no gabinete do Vice-Governador, José Jodan, onde participou de uma reunião juntamente com o Governador do Estado de Rondônia, Coronel Marcos Rocha.

Durante o bate papo com os líderes do Estado, o Prefeito Aldo Júlio destacou que em sua gestão em Rolim de Moura será totalmente transparente. “Eu e meu vice, o senhor Alcides, vamos trabalhar dentro da legalidade, com muita transparência e responsabilidade, buscando parcerias que certamente beneficiarão toda a população rolimourense. O município precisa dessa união e juntos seremos mais fortes e faremos o melhor por Rolim de Moura”, frisou.

O Vice-Governador José Jodan, ressaltou que o Estado de Rondônia, por meio do DER (Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes), já está atuando no perímetro urbano de Rolim de Moura. “O DER está trabalhando na manutenção da RO-010 no perímetro urbano, ou seja, a Avenida 25 de Agosto receberá manutenção em toda a sua extensão. Estamos firmando parcerias para fortalecer o Setor Produtivo e a Agricultura Familiar, gerando mais renda para o homem do campo e receita para a arrecadação do Município”, disse o Vice-Governador.

Vale destacar que o Prefeito eleito Aldo Júlio contou com o apoio do Vice-Governador durante o período eleitoral. Jodan declarou apoio após Aldo se comprometer com diversas ações voltadas para a sociedade.

Jodan, finalizou parabenizando o Prefeito Aldo Júlio pela vitória esmagadora com uma diferença de mais de 3.800 votos. “Quero parabenizar, Aldo Júlio, pela vitória nas Eleições e agradecer ao Governador Coronel Marcos Rocha pelo compromisso e a responsabilidade em que conduz nosso Estado. Estamos juntos, o nosso Estado e o Município de Rolim de Moura, prometem”, finalizou.

Fonte: Assessoria

Continue lendo

Destaques

Prefeito eleito Aldo Júlio divulga equipe de transição em Rolim de Moura

Publicado

em

Por

O empresário Edson Bavaresco foi escolhido como coordenador da equipe de transição
Por meio de Ofício enviado ao atual Prefeito Fabrício Melo, o Prefeito eleito que irá comandar Rolim de Moura nos próximos quatro anos Aldo Júlio, concluiu os nomes que farão parte de sua equipe de transição.
O objetivo da equipe de transição do prefeito eleito Aldo Júlio é de inteirar-se do funcionamento dos órgãos e das entidades da administração pública municipal e preparar a nova gestão de modo a garantir os princípios de responsabilidade e transparência da gestão fiscal na transição do governo, além de colaboração entre a Gestão atual e o Gestor eleito
A transição ficou acertada para iniciar no dia 01 de dezembro.
Entre os nomes está Edson Bavaresco dias: Empresário, próximo Secretário Municipal de Governo, Ester Celoi da Rosa Caliani: Servidora Municipal, agente administrativo, Jorge Ricardo Costa: contador e próximo Secretário Municipal de Fazenda, Luiz Eduardo Staut: próximo Procurador Geral, Albanir Oliveira e Silva: Contador e Servidor da Câmara Municipal de Vereadores no cargo de Controlador Geral, Nilzo Rosa de Oliveira: Servidor Municipal.

da Assessoria para o jornalinforondonia.com

Continue lendo

Politica

G20 se compromete a garantir acesso global a vacina contra covid-19

Publicado

em

Journalists watch Saudi King Salman bin Abdulaziz’s virtual speech live at the media centre during an opening session of the 15th annual G20 Leaders’ Summit in Riyadh, Saudi Arabia November 21, 2020. REUTERS/Nael Shyoukhi

Os líderes das 20 maiores economias do planeta prometeram nesse domingo (22) não poupar esforços para fornecer medicamentos, testes e vacinas contra a covid-19 de maneira acessível e justa para “todas as pessoas”, refletindo as preocupações de que a pandemia possa aprofundar as divisões globais entre ricos e pobres.,

A pandemia do novo coronavírus e as perspectivas de uma recuperação econômica desigual e incerta estiveram no centro do encontro, que teve duração de dois dias sob a presidência da Arábia Saudita, que passará o comando do G20 à Itália no próximo mês.

“A pandemia de covid-19 e seu impacto sem precedentes em termos de vidas perdidas, meios de subsistência e economias afetadas foram um choque sem paralelo que revelou vulnerabilidades em nossa preparação e resposta, ressaltando nossos desafios comuns”, disse o comunicado final do encontro.

As nações do G20 trabalharão para “proteger vidas, fornecer apoio com foco especial nos mais vulneráveis e colocar nossas economias de volta no caminho para restaurar o crescimento, proteger e criar empregos para todos”.

Sobre vacinas, testes e tratamentos, os líderes disseram: “Não pouparemos esforços para garantir o acesso equitativo e acessível a todas as pessoas”.

A economia mundial sofreu forte contração este ano, pois as medidas para conter a disseminação do vírus restringiram o transporte, o comércio e a demanda em todo o planeta.

Os líderes do G20 disseram que a atividade econômica global aumentou parcialmente graças à reabertura gradual de algumas economias, mas a recuperação é desigual, altamente incerta e sujeita a riscos de queda.

Eles reafirmaram o compromisso de usar “todas as ferramentas políticas disponíveis, pelo tempo que for necessário” para proteger a vida, o emprego e a renda das pessoas.

Congelamento de dívida

O G20 endossou um plano para estender o congelamento dos pagamentos de dívida dos países mais pobres até meados de 2021 e, além disso, uma abordagem comum para lidar com os problemas de dívida, de acordo com o comunicado.

Os países também disseram que incentivam fortemente os credores privados a participar da iniciativa em termos comparáveis, quando solicitados pelos países elegíveis.

A iniciativa de alívio de dívida do G20 ajudou 46 países a postergar US$ 5,7 bilhões em pagamentos de dívida em 2020. Mas 73 países eram elegíveis para a medida, e a promessa era de um alívio potencial de cerca de US$ 12 bilhões.

Por Davide Barbuscia, Maha El Dahan, Raya Jalabi e Andrea Shalal – – Repórteres da Reuters – Dubai

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidade

Publicidade

--Publicidade--

Artigos

Categorias

--Publicidade--

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: