Conecte-se conosco

Mundo

MAIS UM: Novo vírus com potencial pandêmico é detectado no Brasil, alerta a OMS

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Foto: Divulgação

EXTRA – A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou em seu site a detecção, pela Fiocruz, de um caso humano no Brasil de infecção respiratória causada por uma nova variante do vírus influenza A H1N2. Essa gripe é transmitida de porcos para seres humanos e está entre aquelas consideradas com potencial pandêmico pela instituição internacional.
O caso é de uma mulher do Paraná, de 22 anos, que já se recuperou. Porém, todos os casos de influenza A (H1N2)v são reportados à OMS porque esse é um dos vírus respiratórios monitorados pela organização devido ao potencial de causar uma pandemia, caso sofra alguma mutação e passe a ser transmitido por meio de contato pessoal — ainda não há evidências nesse sentido.
São conhecidos no mundo 26 casos de influenza A (H1N2)v, reportados desde 2005, dois deles no Brasil, e o mais recente é este divulgado na última sexta-feira (10). Todas as infecções foram causadas pelo contato com porcos, e a maioria foi de doença branda. A mulher que adoeceu no Paraná trabalhava num matadouro de porcos.
Professor de virologia da USP em Ribeirão Preto, Eurico Arruda explica que esse é mais um caso de vírus pulando diretamente de animais para o ser humano — como aconteceu com o Sars-Cov-2, que causa a Covid-19 — e defende o monitoramento desses patógenos:
— Não há evidência de contágio interpessoal nesse caso. Mas os vírus mudam, como o Sars-CoV-2 nos mostrou, e precisamos estar vigilantes e nos antecipar.
O Brasil enviou um relatório preliminar sobre o caso à Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), braço da OMS nas Américas, no dia 22 de junho. O documento informa que a paciente do Paraná não tinha qualquer doença prévia. Em 12 de abril, ela apresentou sintomas de gripe. No dia 14, procurou atendimento médico. Dois dias depois, foram coletadas amostras de secreção respiratória, como parte de um monitoramento de rotina. Segundo a OMS, a mulher foi tratada com antiviral, não precisou ser hospitalizada e se recuperou totalmente.
Inicialmente, um laboratório público do Paraná identificou um vírus influenza A indeterminado. As amostras foram enviadas para a Fiocruz. Em 22 de junho, o sequenciamento genético do vírus revelou que se tratava do influenza A(H1N2)v. O estudo continua em andamento, para a caracterização do vírus. Além disso, autoridades de saúde do Paraná começaram uma investigação em Ibiporã e cidades vizinhas. Um segundo funcionário do mesmo matadouro teve sintomas respiratórios na mesma época em que a mulher, mas nenhuma amostra foi coletada dele na ocasião.
Segundo a OMS, a análise do vírus e a investigação no Paraná, tanto da fonte de contaminação quanto de outros possíveis casos humanos, poderão “informar sobre o risco de transmissão de uma pessoa para outra”. A orientação para evitar a nova variante da gripe é a mesma para o coronavírus: cuidados com higiene e etiqueta respiratória.
Fonte. extra
--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mundo

Vacina contra covid-19 pode estar disponível em janeiro, diz Doria

Publicado

em

Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.

O governador de São Paulo, João Doria, disse hoje (27) que a vacina contra o novo coronavírus produzida por um laboratório chinês, em parceria com o Instituto Butantan, poderá estar disponível para a população brasileira a partir de janeiro de 2021. Isso, segundo o governador, vai depender se os testes da vacina forem bem-sucedidos.

“Já no final do ano, não havendo intercorrências na terceira fase de testes, poderemos iniciar a produção da vacina em dezembro e imediatamente iniciar a vacinação de milhões de brasileiros”, disse Doria. No entanto, nem toda a população brasileira poderia ser vacinada em janeiro já que a produção ainda seria insuficiente para vacinar todo mundo. A expectativa é que inicialmente 60 milhões de pessoas no país sejam vacinadas.

Segundo o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, a Fase 3 vai demonstrar se a vacina produz anticorpos contra a covid-19 e se essa produção de anticorpos é sustentada, ou seja, se isso é mantido por um tempo prolongado. 

“Como estamos no meio de uma pandemia, nada mais justo que as autoridades sanitárias promovessem emergencialmente a liberação. Se tenho segurança e estou produzindo anticorpos nesses três meses, vamos utilizar [a vacina para a população]. Claro que todo o estudo deve continuar até para saber se vai precisar dar doses de reforço com o decorrer dos anos”, justificou Gorinchteyn.

A CoronaVac, como foi batizada essa vacina, está na Fase 3 de testes em humanos, que está sendo realizada também no Brasil. Ao todo, os testes com a CoronaVac serão realizados em 9 mil voluntários em centros de pesquisas de seis estados brasileiros: São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. A pesquisa clínica será coordenada pelo Instituto Butantan, e o custo da testagem é de R$ 85 milhões, pagos pelo governo.

Caso seja comprovado o sucesso da vacina, ela começará a ser produzida pelo Instituto Butantan.

Repórter da Agência Brasil

Edição: Aline Leal

Continue lendo

Educação

Santa Luzia – Fórum comunica a prorrogação dos prazos ate dia 31 para cadastramento das entidades para recebimento de valores.

Publicado

em

forum

Continue lendo

Geral

Atenção Santa Luzia agora você pode contar com Bufê Abelha Rainha servindo o melhor almoço da região

Publicado

em

Atenção você servidor municipal agora você pode fazer suas refeição e pagar com o cartão Sim alimentação no Bufê Abelha Rainha.

Para quem gosta do bom prato com diversos tipos de comida, acompanhado de sua bebida preferida, vai encontrar no restaurante e Bufê Abelha Rainha , aquilo que realmente gosta. Se você está passando por nossa cidade. Venha e desfrute do melhor atendimento da cidade.

Temos o melhor marmitex a partir  de 10 reais, e na hora de pagar, aceitamos todos os cartões, inclusive o cartão SIM conveniado servidor público.

O restaurante e Bufê Abelha Rainha trabalha também com organização de festas, como; casamento, aniversário, e muito mais, tudo da melhor qualidade.

Venha nos fazer uma visita ou ligue pelos telefones 69 98144‐1103 ou 69 98441‐1331 e faça nos um orçamento, lembrando que o restaurante e Bufê Abelha Rainha comunica aos clientes que atendimento somente com uso obrigatório de mascaras e respeitando o distanciamento.

Estamos localizados na R. Jorge Teixeira de Oliveira, numero 2299 centro de  Santa Luzia.

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidade

Publicidade

--Publicidade--

Artigos

Categorias

Mais Lidas

Copyright © 2020 Portal de Notícias Rondônia News. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: