Conecte-se conosco

Educação

Aluna de Alta Floresta recebe premiação em concurso de redação durante evento na Ale

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.
Ao longo de 36 anos, a promulgação da Constituição Estadual de Rondônia foi lembrada de forma trivial pelos Poderes, mas no ano de 2019 a data de 6 de agosto de 1983 se perpetuou. Por meio de uma série de eventos realizados pelos deputados da 10º legislatura, sob a presidência de Laerte Gomes (PSDB), a Assembleia Legislativa de Rondônia encerrou na manhã desta quinta-feira (14) as comemorações do aniversário da Carta Magna Estadual. 
Uma cerimônia grandiosa e festiva marcou a entrega das premiações do concurso de redação e da escolha da bandeira Oficial do Poder Legislativo de Rondônia e Voto de Louvor aos membros das comissões julgadoras. Para o deputado Ismael Crispin, idealizador do projeto de comemoração, é preciso ter coragem para ousar nestes tempos difíceis.Do município de Alta Floresta D’Oeste, a aluna da Escola Juscelino Kubitschek de Oliveira, Andressa C. B. Altíssimo, ficou em 9º lugar no concurso de redação, sendo a única representante de Alta Floresta.

Fonte:  Assessoria da ALE/RO
Fotos: Portal Princesa Web
--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Educação

LISTA: MEC divulga hoje resultado do Sisu do segundo semestre deste ano

Publicado

em

Foto: Divulgação

Ao todo, mais de 814 mil inscrições foram feitas. Segundo o MEC, mais da metade desses estudantes – 424.991 mil – disputam 51.924 mil vagas ofertadas em 57 instituições públicas de educação superior do país.
Pela primeira vez, o Sisu oferece vagas na modalidade ensino a distância (EaD). Além de ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019, os candidatos não podem ter zerado a redação. Quem fez o exame na condição de treineiro não pode participar.
De acordo com o edital do programa, a ordem dos critérios para a classificação de candidatos é a seguinte: maior nota na redação, maior nota na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias; maior nota na prova de matemática e suas tecnologias; maior nota na prova de ciências da natureza e suas tecnologias e maior nota na prova de ciências humanas e suas tecnologias.
Lista de espera
Quem não for selecionado nesta primeira chamada, deverá manifestar o interesse em participar da lista de espera, por meio da página do Sisu na internet, entre hoje e 21 de julho.
A partir daí, a convocação começa a ser feita no dia 24 de julho pelas instituições para preenchimento das vagas em lista de espera. Os selecionados devem observar prazos, procedimentos e documentos exigidos para matrícula ou para registro acadêmico, estabelecidos em edital próprio da instituição, inclusive horários e locais de atendimento por ela definidos.
Continue lendo

Educação

ESTUDANTES: Inscrições para o Prouni começam hoje, com quase 170 mil bolsas

Publicado

em

Foto: Divulgação

AGÊNCIA BRASIL – As inscrições para o processo seletivo do Programa Universidade para Todos (Prouni) abrem hoje (14) e vão até a sexta-feira (17). A iniciativa do governo federal oferece bolsas de estudo em instituições de ensino superior privadas.
Os interessados devem acessar o portal do Prouni e consultar as bolsas e cursos disponíveis. No site é possível buscar por instituição, município ou área de estudo.
Para inscrição, é preciso ter uma conta no portal de serviços do governo federal.
Pelo Prouni, é possível obter bolsas integrais ou parciais, que custeiem todo o curso ou metade do valor.  As integrais são destinadas aos estudantes com renda familiar por pessoa de até 1,2 salário-mínimo. Já as parciais contemplam alunos cujas famílias possuem renda familiar por pessoa de até três salários mínimos.
O Ministério da Educação estabelece como requisitos também o aluno ter conseguido nota de pelo menos 450 pontos de média no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não ter diploma de ensino superior.
O cronograma prevê, após o fim das inscrições, a divulgação do resultado da 1ª chamada no dia 21 de julho, a comprovação de informações da 1ª chamada até o dia 28 deste mês e o resultado da 2ª chamada no dia 4 de agosto.
Fonte.  AGÊNCIA BRASIL
Continue lendo

Educação

Aulas presenciais na rede pública do Estado de Rondônia devem retornar após definição do protocolo de segurança

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) está seguindo as orientações estabelecidas no Decreto nº 25.138, de 15 de junho, assinado pelo governador Marcos Rocha. A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), aguarda o alinhamento entre o Poder Executivo e os órgãos de controle de saúde, assim como a definição dos protocolos de segurança para definir a data e a segura retomada das atividades.

“Precisamos aguardar as recomendações do Poder Executivo que expede os decretos, os estudos técnicos que são realizados com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa) e ainda, órgãos de controle que acompanham de perto o desenvolvimento dessas ações”, explica o secretário de estado da educação, Suamy Vivecananda.

AULAS ONLINE

Durante o período em que vigorar o Decreto de Calamidade Pública, serão ofertadas aulas online nas plataformas digitais do canal da Mediação Tecnológicas-RO, e na plataforma do Revisa Enem #Agoravai, além da disponibilização de conteúdos impressos para os estudantes que não possuem acesso à internet.

Reuniões estão sendo realizadas pela equipe técnica-pedagógica, para alinhamento e planejamento das ações que estão sendo executadas nas escolas, para dar todo o apoio necessário aos estudantes em aulas não presenciais, durante a pandemia da Covid-19. A Seduc proporcionou aos professores, formação, via google meet e webex, para trabalhar com as plataformas tecnológicas que estão sendo utilizadas nas aulas remotas.

“As aulas remotas, durante esse período de pandemia da Covid-19, são uma forma de ofertar o ensino e manter o vínculo com a escola, e garantir a segurança dos nossos alunos, professores e demais profissionais da educação, além de evitar o aumento na contaminação pela Covid-19, também é uma forma de contribuir com as ações de enfrentamento ao coronavírus, realizadas pelo governo de Rondônia”, ressaltou o secretário.

Fonte

Texto: Cléber Souza
Fotos: Cléber Souza
Secom – Governo de Rondônia

Continue lendo

Publicidade

--Publicidade--

Publicidade

--Publicidade--

Artigos

Categorias

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: