Conecte-se conosco

Destaques

Vídeo de ensaio de zumba viraliza nas redes sociais em Alta Floresta Ro

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

O vídeo do ensaio de uma coreografia viralizou nas redes sociais e já foi visualizado por aproximadamente 200 mil internautas.

O vídeo foi gravado em Alta Floresta do Oeste (RO) durante um ensaio da professora de Zumba, Geisila Francielly de Jesus e a amiga Fabiana Dias, as duas são colegas de trabalho.

“O vídeo foi feito aqui na minha casa, estávamos ensaiando uma coreografia e gravamos um pedacinho, mas não imaginei que fosse repercutir tanto, estamos apenas gravando para ver se tinha ficado bom e resolvemos postar no último sábado à tarde”, afirmou a professora de Zumba, que tem graduação em Educação Física e está fazendo pós graduação em nutrição esportiva

Geisila Francielly de Jesus lembra que mora desde criança em Alta Floresta e só deixou a cidade para estudar mas regressou e há sete anos e trabalha com Zumba. Ela atribuiu o sucesso nas redes sociais pelo fato de ser conhecida pelo meu trabalho as pessoas começaram a compartilhar porém rendeu todas essas visualizações que não imaginava.

8 benefícios da aula de zumba

 
Praticar zumba traz benefícios para a saúde física e mental. Como toda atividade física, é necessário constância para contemplar os benefícios. No entanto, você não terá problemas, pois são coreografias fáceis de seguir. Os principais benefícios são os seguintes:

Preparação cardiovascular moderada
As aulas de zumba exigem muito movimento, o que favorecerá muito a sua saúde cardiovascular. Sem dúvida, é uma atividade cardiovascular completa. Sua prática previne coágulos,arritmia cardíaca e outras doenças do sistema cardiovascular.

Ajuda a perder peso
A prática contínua desta modalidade ajuda a perder peso rapidamente, pois com uma boa aula de zumba é possível eliminar até 700 calorias em cada prática, embora dependa da intensidade da sessão. Para obter um efeito maior, é recomendável aumentar o esforço.

Melhora a flexibilidade e postura
Graças à combinação dos diferentes ritmos que a zumba promove, a aula trabalha a maioria dos seus músculos. As articulações se acostumarão a movimentos incomuns a cada exercício. Desta forma, melhorará a flexibilidade.

Promove resistência
Embora no início os movimentos contínuos te cansem um pouco, conforme você pratica você se adaptará, aumentará sua resistência e você achará a aula muito agradável.

Combate o estresse
A mudança de ritmo e os exercícios aeróbicos reduzem o estresse em grande escala. Isso ocorre porque eles liberam o hormônio responsável pelo bom humor. Isso ajudará a relaxar e a melhorar sua saúde emocional.

Melhora a capacidade de coordenação
Como você deve aprender e praticar coreografias diferentes, a coordenação motora será aperfeiçoada. Em particular, favorecerá os idosos, que poderão realizar um treino adaptado e progressivo.

Tonifica o corpo
Os diferentes passos de dança irão ajudá-lo a ganhar mobilidade. Além disso, tonifica os músculos. Portanto, é ideal para fortalecer e moldar os glúteos,abdômen, braços e pernas.

 
Melhora o humor
Ao praticar zumba, você libera uma grande quantidade de endorfinas, os hormônios responsáveis por aumentar a autoestima e a felicidade. É por isso que, ao final da aula, você se sente bem. É recomendado, por isso, para aqueles que sofreram de depressão.

(EDIÇÃO:SOUFITNESS)

Texto: Rolnews

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Destaques

Cinco municípios de Rondônia apresentam índice de 100% de cura da Covid-19

Publicado

em

Segundo relatório do Sistema de Comando de Incidentes da Covid-19 em Rondônia, até esta quinta-feira (28), 1.869 pessoas que tiveram a doença se curaram. Dos municípios com incidência de casos, cinco apresentaram 100% de cura: Primavera de Rondônia, Alto Alegre dos Parecis, Machadinho D’Oeste, Santa Luzia D’Oeste e São Felipe D’Oeste.

Em 24 horas, de acordo com dados do mesmo relatório, quase 100 pessoas apresentaram cura. A capital, que tem o maior número de infectados – 3.105 até a mesma data, tem índice de 37% de curados, com 1.401 casos recuperados. Segundo o secretário de Saúde, Fernando Máximo, o distanciamento social é o principal meio de evitar que o novo coronavírus continue se propagando.

“Se não fizermos a nossa parte de deixarmos de ir às academias, de nos reunirmos com pessoas que não moram na mesma residência, velórios, festas, enfim, não teremos como conter o avanço da doença. Daqui a três ou quatro meses a vida vai voltar ao normal e poderemos fazer tudo isso, por enquanto, precisamos ter consciência de que essas medidas são necessárias”.

O crescente número de pessoas recuperadas tem sido comemorado pelas autoridades envolvidas.

“Sairemos dessa mais vigorosos e com sede de vida, para erguermos nossa economia, dignidade e liberdade”, disse o governador Marcos Rocha.

O comunicador Paulo César Amorim é asmático e venceu a Covid-19. “A batalha foi grande, mas com os medicamentos corretos, com o isolamento e todas as medidas de segurança eu consegui. O pior inimigo da doença é o medo. Reportagens sobre mortes de pessoas com coronavírus, imagens de cemitérios e sepultamento de pessoas que morreram com a doença, não ajudam. Isso abala o emocional. Então o melhor é, além do tratamento, cuidar do psicológico para que o processo de cura seja o mais tranquilo possível”.

Para a professora e intérprete de Libras, Núbia Lopes, a cura foi uma benção. “Fiquei no hospital por cinco dias internada. Isso foi fundamental para que eu me recuperasse. Apesar de não ser cômodo passar pela internação, e de ter ficado preocupada com a minha filha que também estava internada com a doença, a equipe de profissionais da saúde foi muito eficiente”.

Núbia conta que antes de procurar a internação ela relutou, e ficou em casa no isolamento, mas os sintomas mais fortes a induziram a procurar ajuda profissional. De volta ao lar, a professora diz que o tratamento ainda continuou por mais cinco dias, e atualmente está recuperada. “Com o apoio da minha família e a graça de Deus eu consegui superar a doença”.

Fonte
Texto: Vanessa Farias
Fotos: Daiane Mendonça e Ítalo Ricardo
Secom – Governo de Rondônia

Continue lendo

Destaques

Pacientes curados do Coronavírus somam 44% em Rondônia

Publicado

em

O número de curados da Covid-19 em Porto Velho chegou a 1.401, segundo informou o secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, durante coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (29).
No total, 1.869 pacientes infectados foram curados da doença em todo o Estado, somando um total de 44%. “Isso nos deixa muito feliz em saber que nossos rondonienses estão curados. Vamos continuar trabalhando para que esse número aumente ainda mais”, disse Fernando Máximo.

De acordo com o secretário, 100% dos leitos de UTI do Cemetron estão ocupados. Na Unidade de Assistência Médica Intensiva (AMI), a ocupação chegou a 77%. No Hospital Samar, 93,3% dos leitos de UTI também já estão ocupados. Em Cacoal, 18% dos leitos também estão ocupados.

Sobre os leitos clínicos, Fernando Máximo informou que 63% dos leitos do Cemetron estão ocupados, no Hospital Samar o número chegou a 73% e no Hospital Santa Marcelina 73%.

Durante a coletiva, o secretário enfatizou a cura de 100% dos pacientes positivados com o Coronavírus nos municípios de Primavera de Rondônia, Alto Alegre dos Parecis, Santa Luzia do Oeste, São Felipe do Oeste e Machadinho do Oeste.

Servidores

De acordo com a Sesau, 874 servidores foram afastados de suas funções, entre eles casos confirmados, suspeitos e do grupo de risco. Outros 180 profissionais de saúde que atuam no Hospital João Paulo II, testaram positivo para Covid-19. No Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, 129 servidores foram infectados com a doença. O número de curados subiu para 398.

Além de casos de Covid-19 confirmados em servidores do João Paulo II e Hospital de Base, também foram registrados casos de trabalhadores infectados no Hospital Infantil Cosme e Damião, Lacen, Cemetron, Hospital Regional de Cacoal, Heuro, no hospital da rede pública de Buritis e em Extrema, elevando o número de positivados da área da saúde.

Barreira Sanitária
A diretora da Agevisa, Ana Flora Camargo, disse que os trabalhos continuam sendo realizados em todo o Estado. “Alguns casos que foram detectados na barreira, como por exemplo, em Vilhena e em outras localidades, nós encaminhamos para a vigilância epidemiológica do município para que eles acompanhem esses casos. Isso é feito toda vez que algum caso é detectado”, explicou.

Guajará-mirim

Fernando Máximo informou que a equipe enviada para a cidade composta por médicos, enfermeiros, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, Agevisa, responsáveis por administrar essa situação de crise em Guajará-Mirim, continua na cidade. “A taxa de mortalidade que antes era de 60%, agora está em 10,8%, podendo ser considerada uma boa redução. As coisas estão se endireitando, caminhando para melhorias importantes naquela cidade. Nossa equipe continua firme e forte na região, dando todo o suporte necessário”, disse o secretário.

São Miguel do Guaporé

O mesmo trabalho que está sendo realizado em Guajará-Mirim com o aumento no número de testes de PCR e testes rápidos, reforço na barreira sanitária, reforço no acompanhamento dos pacientes internados e casos confirmados, também será feito no Município. “As equipes estão na cidade, intensificando os trabalhos em parceria com o município”, finalizou Fernando Máximo.

Fonte: Rondonia Agora

Continue lendo

Destaques

Vilhena –Homens são presos pela PF e PM com caminhões carregados de madeiras irregular extraída de reserva indígena

Publicado

em

Na tarde de hoje (28.05.2920), em mais uma ação policial, foi localizado pela Polícia Militar de Rondônia, grupo de homens realizando transporte de diversas toras de madeira sem qualquer documentação, como determina a lei. Dois caminhões foram abordados no momento em que realizavam o transporte ilegal.
Apresentados na Polícia Federal, três homens foram presos em flagrante pela prática de furto de bens da União, uma vez que há suspeita de terem extraído ilegalmente madeiras da terra indígena “Tubarão Latunde”.
Serão também investigados por outros crimes conexos, em especial relacionados a destruição das florestas da região do Cone Sul de Rondônia.
Após representação do Delegado de Polícia Federal, a Justiça Federal determinou a prisão preventiva dos mesmos, que se encontram na Casa de Detenção de Vilhena.
Na oportunidade a PF reafirma seu compromisso de combate a crimes ambientais e está disponível no número 69-3316-1600 para denúncias.

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia/RO

Continue lendo

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: