Conecte-se conosco

Destaques

Brasileiro com câncer terminal terá alta após terapia genética obter sucesso

Publicado

em

Aos Leitores, ler com atenção:
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove ao contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Equipe médica que atendeu ao aposentado Vamberto no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto — Foto: Divulgação/HCFMRP/Divulgação

Brasileiro com câncer terminal terá alta após terapia genética obter sucesso

Um paciente de 62 anos que tinha linfoma em fase terminal e tomava morfina todo dia deve receber alta no sábado (12) após ser submetido a um tratamento inédito na América Latina. Ele deixará o hospital livre dos sintomas do câncer graças a um método 100% brasileiro baseado em uma técnica de terapia genética descoberta no exterior e conhecida como CART-Cell.

Os médicos e pesquisadores do Centro de Terapia Celular (CTC-Fapesp-USP) do Hemocentro, ligado ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, apontam que o paciente está “virtualmente” livre da doença. Os especialistas, no entanto, não falam em cura ainda porque o diagnóstico final só pode ser dado após cinco anos de acompanhamento. Tecnicamente, os exames indicam a “remissão do câncer”.

Os pesquisadores da USP – apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e pelo Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) – desenvolveram um procedimento próprio de aplicação da técnica CART-Cell.

Essa técnica, ainda recente, foi criada nos EUA, está em fase de pesquisas e é pouco acessível. No EUA, os tratamentos comerciais já receberam aprovação e podem custar mais de U$ 475 mil.

O paciente submetido ao tratamento no Brasil é o mineiro Vamberto, funcionário público aposentado de 62 anos. Antes de chegar ao interior de São Paulo, ele tentou quimioterapia e radioterapia, mas seu corpo não respondeu bem a nenhuma das técnicas.

Em um tratamento paliativo, com dose máxima de morfina, o paciente deu entrada em 9 de setembro no Hospital das Clínicas em Ribeirão com muitas dores, perda de peso e dificuldades para andar. O tumor havia se espalhado para os ossos.

O prognóstico de Vamberto, de acordo com os médicos, era de menos de um ano de vida. Como uma última tentativa, os médicos incluíram o paciente em um “protocolo de pesquisa” e testaram a nova terapia, até então nunca aplicada no Brasil.

A CART-Cell é uma forma de terapia genética já utilizada nos Estados Unidos, Europa, China e Japão. Esse método consiste na manipulação de células do sistema imunológico para que elas possam combater as células causadoras do câncer.

Terapia genética

A estratégia da CART-Cell consiste em habilitar células de defesa do corpo (linfócitos T) com receptores capazes de reconhecer o tumor. O ataque é contínuo e específico e, na maioria das vezes, basta uma única dose.

Rápida melhora

Segundo os médicos, Vamberto respondeu bem ao tratamento e logo após quatro dias deixou de sentir as fortes dores causadas pela doença. Após uma semana, ele voltou a andar.

“Essa primeira fase do tratamento foi milagrosa”, disse ao G1 o hematologista Dimas Tadeu Covas, coordenador do Centro de Terapia Celular (CTC-Fapesp) e do Instituto Nacional de Células Tronco e Terapia Celular, apoiado pelo CNPq e pelo Ministério da Saúde.

“Não tem mais manifestação da doença, ele era cheio de nódulos linfáticos pelo corpo. Sumiram todos. Ele tinha uma dor intratável, dependia de morfina todo dia. É uma história com final muito feliz.”

100% brasileiro
Renato Luiz Cunha, outro dos responsáveis pelo estudo, explicou que a terapia genética consegue modificar células de defesa do corpo para atuarem em combate às que causam o câncer.

“As células vão crescer no organismo do paciente e vão combater o tumor”, disse Cunha. “E desenvolvemos uma tecnologia 100% brasileira, de um tratamento que nos EUA custa mais de US$ 1 milhão. Esperamos que ela possa ser, no futuro, acessível a todos os pacientes do SUS.”

Cunha recebeu, em 2018, o prêmio da Associação Americana de Hematologia (ASH), nos EUA, para desenvolver este estudo no Brasil.

“É um tratamento caro e que requer um desenvolvimento científico importante”, explica Cunha.

No ano passado a agência norte-americana de vigilância sanitária (FDA), aprovou nos EUA a primeira terapia gênica do mercado para leucemia linfoide aguda. Porém, o tratamento é caro e chega a custar U$ 475 mil dólares.

O tratamento ainda não está liberado na rede pública ou privada de saúde, por isso, Cunha explicou que, para o paciente ser atendido no hospital universitário, o encaminhamento foi aprovado por uma comissão de ética.

O hematologista Rodrigo Calado, professor da FMRP-USP e membro do CTC, afirma que “esse tratamento foi possível pelo investimento em pesquisa e formação de pessoas feito pela Fapesp e CNPQ ao longo dos anos e que agora se traduz em um tratamento melhor e mais eficaz em casos de linfomas refratários.”

Perspectivas para o SUS

Dimas Tadeu Covas, que coordena o Centro de Terapia Celular do HC de Ribeirão, disse que o procedimento poderá ser reproduzido em outros centros de excelência do país, mas não dá datas. Isso porque, segundo ele, depende de laboratórios controlados com infraestrutura adequada.

“Devido à complexidade do tratamento, ele também só pode ser feito em unidades hospitalares com experiência em transplante de medula óssea”, disse o pesquisador. “Isso porque, durante o processo, a imunidade é comprometida. O paciente tem que ficar isolado, não pode ficar exposto. Não são todos os hospitais que podem fazer esse tipo de tratamento. Além disso a terapia tem efeitos colaterais.”

A resposta imune progressiva pode causar febres altas, náuseas e dores musculares. Os pesquisadores não eliminam o risco de morte, e reconhecem que a forte baixa no sistema imunológico traz um potencial fatal para alguns pacientes.

De acordo com os envolvidos na pesquisa, antes de o tratamento ser disponibilizado para o Sistema Único de Saúde (SUS), ele precisa cumprir os requisitos regulatórios da Anvisa. O chamada “estudo clínico compassivo” continua e deverá incluir mais 10 pacientes nos próximos 6 meses.

Se as etapas de estudos e pesquisas continuarem a se manter promissoras, Covas avalia que o tratamento pode ser adotado em larga escala com adaptações nos laboratórios de produção. “Os investimentos necessários para ampliação da capacidade produtiva são de pequena monta, da ordem de R$ 10 milhões”, afirma Covas.

Brasileiro com câncer terminal terá alta após terapia genética obter sucesso
Brasileiro com câncer terminal terá alta após terapia genética obter sucesso

Fonte: G1

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Destaques

Com 83 casos de Coronavírus, prefeitura impões multa de R$ 80,00 para cada pessoa e frigorifico será fechado em São Miguel do Guaporé

Publicado

em

O drama da população de São Miguel do Guaporé está a todo vapor, hoje, terça-feira, 26, um novo boletim sobre o Coronavírus foi divulgado e os números de 46 registrado na data de ontem, simplesmente saltaram para 83 casos confirmados de Covid-19.

Os boatos e comentários no município, são de que a maioria dos casos são de funcionários do Frigorifico JBS instalado no município e que até o momento não teria suspendido as suas atividades.

O boletim informa que 19 pacientes que tiveram seus exames confirmados para Covid-19 em São Miguel foram feitos em laboratórios privados e 12 na rede pública do municio.

A prefeitura de São Miguel do Guaporé publicou hoje, um decreto Nº930/2020, que impõe multa de R$ 80,00 que ficará anotada no CPF de cada pessoa que não cumprir as regras de prevenção ao Coronavírus, tais como usar máscaras, evitar fazer exercícios ao ar livre, atividades públicas, esportivas e atléticas em pistas de caminhadas, além de aglomerações de pessoas em lugares públicos.

A prefeitura de São Miguel do Guaporé publicou hoje, um decreto Nº930/2020, que impõe multa de R$ 80,00 que ficará anotada no CPF de cada pessoa que não cumprir as regras de prevenção ao Coronavírus, tais como usar máscaras, evitar fazer exercícios ao ar livre, atividades públicas, esportivas e atléticas em pistas de caminhadas, além de aglomerações de pessoas em lugares públicos.

Da redação – Planeta Folha

 

Continue lendo

Destaques

URGENTE: Secretária de Saúde confirma 72 casos de coronavírus em São Miguel do Guaporé

Publicado

em

A secretária de Saúde confirmou na tarde desta terça-feira, dia 26, mais 26 casos de coronavírus, totalizando 72 pessoas contaminadas. 

Nossa equipe de Reportagem do Rolim Notícias em contato com o prefeito, Cornélio Duarte, ele afirmou que hoje existe sim, os 72 casos de coronavírus, mas que não existem ninguém internado, todos estão se tratando em casa, mantendo o isolamento e o tratamento como manda o protocolo. 

O prefeito ressaltou também que a partir de hoje terá um novo decreto, onde será estabelecido novas regras e mais rígidas como o uso obrigatório de máscaras em todos os lugares, penalidade para quem não usar, entre outras.

Para conter a disseminação é preciso que todos tenham consciência sobre as medidas prevenção, pois cabe a cada cidadão ter responsabilidade e cumprir, assim fica mais fácil combater a disseminação, destaca o prefeito  Cornélio.

Fonte: Portal Guaporé

Continue lendo

Destaques

Nova Brasilândia- Polícia Militar resgata idoso que estava caído no canteiro e leva ao hospital dentro da viatura

Publicado

em

A Polícia Militar com seu belo gesto de amor ao próximo, salvou a vida de um idoso que estava caído no canteiro na tarde desta segunda-feira (25), na Avenida Juscelino Kubistchek setor 13 em Nova Brasilândia D“ Oeste/RO.

Segundo informações os militares estavam em patrulhamento como de rotina, momento em que avistara o idoso J.G.N de 70 anos caído no canteiro beira da estrada, o mesmo estava se batendo, imediatamente a guarnição parou e prestou socorro ao idoso que estava com cuspindo sangue .

A guarnição ainda acionou a ambulância do hospital, mas por medo de demorar e poder agravar a situação do idoso, os PMs colocaram o idoso dentro da viatura policial e levou ao hospital municipal, onde recebeu os cuidados médicos.

Parabéns aos heróis que estão trabalhando dia e noite para manter população segura, colocando as suas vidas em rico para salvar da população.

Fonte: Www.Rodonianews.com

Por Alex Tedeschi

Imagem ilustrativa

Continue lendo

Mais Lidas

%d blogueiros gostam disto: