quinta-feira , janeiro 17 2019
Home / Noticias / MISTÉRIO: Preso foge da cadeia e diz em rede social que foi ‘livramento’ de Deus

MISTÉRIO: Preso foge da cadeia e diz em rede social que foi ‘livramento’ de Deus

Maxwel Viana estava preso por suspeita de crime de tráfico de drogas e desde o dia 20 de junho

MISTÉRIO: Preso foge da cadeia e diz em rede social que foi 'livramento' de Deus

O detento Maxwel Viana do Nascimento, de 33 anos, que ganhou fama nas redes sociais quando fugiu da polícia e disse que foi “um livramento de Deus”, está sendo procurado pelas forças de segurança desde a última sexta-feira (07). Ele estava preso na unidade penitenciária Francisco de Oliveira Conde (FOC) e desapareceu da cela do pavilhão presos em regime provisório.

Maxwel Viana estava preso por suspeita de crime de tráfico de drogas e desde o dia 20 de junho, deste ano, ele ficou conhecido nas redes sociais após a primeira vez que a polícia tentou de prendê-lo, em março deste ano, ao fugir da Polícia Civil, ele  publicou logo em seguida na internet que havia tido um livramento de Deus por escapar do cerco policial.

O acusado estava alojado na cela 11 do pavilhão “F”, local onde ficam os presos provisório e não foi encontrado qualquer buraco que pudesse ajudá-lo a escapar, levantando a hipótese de que ele usou outros artifícios para escapar da cadeia.O diretor do Iapen, Aberson Carvalho disse que estaria ciente da situação e abriu um procedimento para apurar a fuga.

“Nos estamos analisando as imagens das câmeras de segurança para saber como ele conseguiu fugir e saber também se houve algum tipo de facilitação, enquanto isso o detento aguenta sendo procurado pela polícia”, disse o diretor.

FOTO: (Reprodução/Facebook)

AC24HORAS

Comments

comments

Compartilhar

Sobre Angela Gonçalves

Veja Também

Rolim: Ministério Público arquiva denúncia de possível uso indevido de veículos públicos para transporte de calcário

Compartilhar no WhatsappMP não encontrou nenhum crime no transporte do calcário para os agricultores rolimourenses. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *