Home / Destaques / Geofonamento detecta vazamentos na rede de distribuição de água em Rolim de Moura






Geofonamento detecta vazamentos na rede de distribuição de água em Rolim de Moura

Para detectar vazamentos invisíveis na tubulação de água, aqueles que ficam embaixo do asfalto, a concessionária Águas de Rolim de Moura realiza o geofonamento noturno. A técnica que localiza ruídos na rede de abastecimento é uma das ações de combate a perdas de água desenvolvidas pela concessionária que localizou, mais de 30 vazamentos na rede em  apenas em dois de trabalho. Sempre realizada durante a madrugada, a ação conta com o trabalho de técnicos que percorrem os bairros ouvindo no geofone, um aparelho que se parece com um estetoscópio de médicos, verificando o funcionamento da rede de água. Em Rolim de Moura, o trabalho teve início na área central da cidade e, até agora, foram percorridos aproximadamente 20 mil metros de rede.

“O trabalho é sempre realizado na madrugada, porque há menos interferência sonora, e principalmente barulho de trânsito”, conta o coordenador da Águas de Rolim de Moura, Marlon Ferreira. De acordo com ele, até o final deste mês de setembro, mais de 280 mil metros de rede serão percorridos beneficiando 25 bairros, entre eles Centro, Jequitibá, Bom Jardim, Planalto, Centenário, Jardim das Oliveiras, DER, Olímpico, Cidade Alta I e II, Jatobá I e II, Beira Rio, Tropical e Nova Morada. 

Ainda de acordo com Marlon Ferreira, o trabalho é realizado com alta tecnologia e é essencial para garantir que grandes vazamentos sejam consertados, evitando perdas de água e prejuízos no abastecimento. 

Para mais informações sobre os trabalhos e ações desenvolvidas pela Águas de Rolim de Moura ligue 9 9941 0087 ou acesse www.aguasderolimdemoura.com.br

Assessoria

Comments

comments

Compartilhar

Sobre Alex Tedeschi

Veja Também

Dama do tráfico: Mulher do traficante Nem, preso em Rondônia, é exemplo visível da ação de mulheres no tráfico

Compartilhar no WhatsappConhecida como ex-primeira dama do tráfico, Danúbia de Souza Rangel, de 34 anos, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *