segunda-feira , outubro 21 2019
Casa / Politica / LEI MARIA DA PENHA: Câmara aprova projeto que facilita divórcio de vítima de violência doméstica

LEI MARIA DA PENHA: Câmara aprova projeto que facilita divórcio de vítima de violência doméstica

A matéria agora segue para sanção presidencial

LEI MARIA DA PENHA: Câmara aprova projeto que facilita divórcio de vítima de violência doméstica

FOTO: (Divulgação)

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (3) uma proposta que altera a Lei Maria da Penha para facilitar o processo de separação das vítimas de violência doméstica.

Segundo o texto, o juiz responsável pela ação de violência doméstica também poderá decretar o divórcio ou a dissolução da união estável a pedido da vítima.

A matéria agora segue para sanção presidencial.

A proposta também garante às vítimas de violência o direito à assistência jurídica. Caso a situação de violência comece após o pedido de divórcio ou dissolução da união estável, a ação terá preferência no juízo onde estiver em tramitação.

Prioridade

O texto altera o Código de Processo Civil para dar prioridade à tramitação das ações em que a parte seja vítima de violência doméstica em toda a justiça cível.

A mudança vale para as ações de separação e para pedidos de reparação.

O texto aprovado também determina que o juiz e a autoridade policial deverão informar a vítima sobre eventual ajuizamento de pedidos de separação. E, se for o caso, o juiz tem 48 horas para encaminhá-la às defensorias públicas para que solicite o divórcio.

O LIVRE

Sobre Angela Cristina ferla Gonçalves

Verefique tambem

PSL vive guerra após Bolsonaro atuar para Eduardo ser líder na Câmara

Deputados do PSL deflagraram uma guerra de listas na noite de quarta-feira (16) para definir …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: